Cursos 24 Horas - Cursos 100% Online com Certificado
Cursos Online com Certificado - Cursos 24 Horas - Matricule-se!

Desconto Especial para Fãs do PIGN - Lojas Renner

B02 - 468x60 calças

domingo, 9 de abril de 2017

Bancada evangélica: uma tragédia nacional

 

Políticos da Bancada Evangélica estão na lista da Operação Lava-Jato entregue ao STF para investigaçãoe e seus membros estão envolvidos em todos os tipos de delitos e atrocidades legislativas, inclusive com casos de estupro como é o caso de Marcos Feliciano ou por incitação ao mesmo como é o caso de Jair Bolsonaro.  

Analisando sob o ponto de vista legislativo e atuação no congresso, a bancada evangélica envergonha o Brasil. Na última década não houve um só projeto de expressão, ou capaz de mudar a realidade do país, encabeçado por um parlamentar evangélico.

Dos 56 deputados que o blog Frente Parlamentar Evangélica lista como da bancada de evangélicos, 32 (57%) têm pendência na Justiça. Os processos apuram acusações como peculato (furto ou apropriação de bens ou valores públicos), improbidade administrativa, corrupção eleitoral, abuso de poder econômico, sonegação fiscal e formação de quadrilha. 


Além do integrante da Bancada Evangélica Eduardo Cunha (membro da Assembleia de Deus Madureira), constam na lista do procurador-geral da República outros dois evangélicos o empresário batista Aguinaldo Ribeiro (PP/PB) e o empresário da Igreja Mundial do Poder de Deus Missionário José Olímpio (PP/SP). 

Aguinaldo Ribeiro está no segundo mandato: elegeu-se deputado federal em 2010, tendo sido reeleito em 2014, sempre pelo Partido Progressista (PP). Vem de uma tradicional família de políticos na Paraíba, onde foi eleito deputado por dois mandatos. Em Brasília, herdou a vaga do pai, o ex-deputado Enivaldo Ribeiro. A mãe, Virgínia Maria, é prefeita de Pilar (PB), e a irmã, Daniella, deputada estadual. Todos são do PP. Ele pertence a uma ala do partido apoiada pelo ex-prefeito de São Paulo Paulo Maluf. O patriarca é o ex-deputado e usineiro Aguinaldo Veloso Borges. Avô do novo ministro, é ligado, em livros oficiais, a assassinatos de dois líderes camponeses. O pai do deputado foi suspeito de participação no esquema dos sanguessugas, que cobrava comissão de emendas na área da saúde. Assumiu, em 2012, o comando do Ministério das Cidades em substituição a Mário Negromonte, do mesmo partido. Deixou a pasta em 17 de março de 2014 em uma reforma ministerial promovida pela presidente. Membro da Igreja Batista, foi autor do Projeto de Lei 3044/2011 (arquivado) que propunha liberação de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço para financiar a construção de templos e igreja. Foi investigado em dois inquéritos (3382 e 3146) por crimes contra a Lei de Licitações. “Os inquéritos apuram a dispensa de licitação na Secretaria de Agricultura da Paraíba, para adoção de medidas urgentes para o controle de um surto epidêmico de febre aftosa, à época em que o ministro era o secretário. O TCU e o TRF da 5ª Região reconheceram a legalidade da conduta do então secretário”, segundo sua assessoria.

O deputado Missionário José Olímpio, no segundo mandato, é o primeiro representante no Congresso da Igreja Mundial do Poder de Deus, fundada e liderada pelo apóstolo Valdemiro Santiago, que rivaliza com a Universal do Reino de Deus, de Edir Macedo. Antes de chegar à Casa, em 2011, Olímpio foi vereador em São Paulo com apoio da Universal. Ele é pai do vereador paulistano José Olímpio Júnior (PSD). No ano passado, o deputado apresentou um projeto de lei contra a “nova ordem satânica mundial” . Essa foi a justificativa utilizada por ele ao propor a proibição da implantação de chips em seres humanos, equiparados por ele à “marca da besta”. “Tendo em conta que o fim dos tempos se aproxima, é preciso que o Parlamento brasileiro se antecipe aos futuros acontecimentos e resguarde, desde logo, a liberdade constitucional de locomoção dos cidadãos”, escreveu o religioso na argumentação do projeto. Arquivada no final da legislatura por não ter sido votada por nenhuma comissão, a proposta foi desarquivada ontem, em 6 de março, a pedido do próprio deputado.

Há também um padre católico na lista dos políticos não-reeleitos, que será investigado no Supremo, o ex-deputado José Linhares (PP-CE), que exerceu cinco mandatos consecutivos na Câmara. Aos 84 anos, o religioso disputou sem sucesso a eleição para o Senado ano passado na condição de suplente de Mauro Benevides Filho (Pros), segundo colocado. O nome de Linhares consta da principal investigação da Lava Jato no STF (a PET 5260), que reúne 35 políticos suspeitos de praticarem os crimes de quadrilha, corrupção e lavagem de dinheiro.

Abaixo segue uma lista com os principais envolvidos em corrupção e desvios de conduta do parlamento.

Para obter maiores informações acesse o site do Jusbrasil: https://www.jusbrasil.com.br/home
Ao inserir o nome do deputado aparece o devido processo, seu andamento e demais dados para análise.

Segue lista por denominação religiosa e partidos a que pertencem as quadrilhas organizadas da fé. 


Assembleia de Deus

1 Hidekazu Takayama – PSC/PR
TRF-1 (Seção Judiciária do Distrito Federal) – Processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – de Ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal. STF – Inquérito nº 2652/ 2007 – Inquérito apura crimes contra a ordem tributária, estelionato e peculato.

2 – Sabino Castelo Branco – PTB/AM
STF – Processo nº 538 – Réu em ação penal movida pelo Ministério Público Federal por peculato.
STF – Inquérito nº 2940 – É alvo de inquérito que apura crimes contra a ordem tributária. TSE –
Processo nº 504786.2010.604.0000 – É alvo de recurso contra expedição de diploma apresentado pelo Ministério Público Eleitoral por abuso de poder econômico e uso indevido de meio de comunicação social.
TSE – Processo nº 874.2011.604.0000 – É alvo de representação movida pelo MPE por captação ou gasto ilícito de recursos financeiros de campanha eleitoral.
TRE-AM – Processo nº 90095.2002.604.0000 – Teve reprovada prestação de contas referente às eleições de 2002.
TRE-AM – Processo nº 424843.2010.604.0000 – Teve reprovada prestação de contas referente às eleições de 2010.
TRE-AM – Processo nº 485034.2010.604.0000 – É alvo de representação movida pelo MPE.TRF-1 Seção Judiciária da Amazônia – Processo nº 0001172-68.2007.4.01.3200 – É alvo de ação de execução fiscal movida pela Fazenda Nacional.
TJ-AM Comarca de Manaus – Processo nº 0039972-21.2002.8.04.0001 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Estadual.

3 – Ronaldo Nogueira – PTB/RS
TCE-RS (processo 008255-02.00/ 08-2) – Irregularidades na gestão da Câmara de Carazinho.
TCE-RS (processo 001084-02.00/ 01-0) – Idem. TCE-RS (processo 010264-02.00/ 00-4) – Idem.

4 – João Campos de Araújo – PSDB/GO
TRF-1 (Seção Judiciária do Distrito Federal – processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal.

5 – Costa da Conceição Costa Ferreira – PSC/MA
TRF-1 (Seção Judiciária do Distrito Federal) – processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal.
É alvo de ações de execução fiscal movidas pelo município de São Luís:
TJ-MA Comarca de São Luís – Processo nº 7092-32.2007.8.10.0001.
TJ-MA Comarca de São Luís – Processo nº 1793-35.2011.8.10.0001

6 – Antônia Luciléia Cruz Ramos Câmara – PSC/AC
TRE-AC – processo 497/ 2002 – Teve reprovada a prestação de contas referente às eleições de 2002. É alvo de ações penais movidas pelo Ministério Público por crimes eleitorais (peculato/captação ilícita de votos ou corrupção eleitoral).
STF – processo 585. STF – Processo nº 587. TRE-AC – processo 177708/ 2010
– É alvo de inquéritos que apuram crimes eleitorais e contra a administração em geral:
STF – inquérito 3083, TRE-AC – Inquérito 245, STF – Inquérito nº 3133.
É alvo de ações de investigação judicial eleitoral por abuso de poder econômico:
TRE-AC – processo 142143/ 2010, TRE-AC – processo 178782/ 2010, TRE-AC – processo 142835/2010 . É alvo de representações movidas pelo MPE por captação ilícita de sufrágio e/ ou captação ou gasto ilícito de recursos financeiros de campanha eleitoral: TRE-AC – processo 180081/ 2010, TRE-AC – processo 194625/ 2010 e TRE-AC – processo 142058/ 2010

7 – Cleber Verde Cordeiro Mendes – PRB/MA
STF – processo 497/2008 – É alvo de ação penal movida pelo Ministério Público Federal por crimes praticados contra a administração em geral (inserção de dados falsos em sistema de informações).
TRE-MA – processo 603979.2010.610.0000 – É alvo de ação de investigação judicial movida pelo Ministério Público Eleitoral por uso de poder político e conduta vedada a agentes públicos.

8 – Nilton Baldino (Capixaba) – PTB/RO
STF – Processo nº 644 – Acusado de envolvimento com a máfia das ambulâncias, é réu em ação penal movida pelo Ministério Público Federal por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.
TRF-1 Seção Judiciária do Distrito Federal – Processo nº 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo MPF.
TRF-1 Subseção Judiciária de Ji-Paraná – Processo nº 0000432-26.2007.4.01.4101 – É alvo de ação de improbidade administrativa movida pelo MPF por envolvimento com a máfia das ambulâncias.

9 – Silas Câmara – PSC/AM
STF – inquérito 2005/2003 – É alvo de inquérito que apura peculato e improbidade administrativa.
STF – inquérito 3269 e STF – inquérito 3092 – É alvo de inquéritos que apuram crimes eleitorais.
TRF-1 Seção Judiciária da Amazônia – processo 0004121-02.2006.4.01.3200 – É alvo de ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Federal.
É alvo de representação e ações de investigação judicial movidas pelo Ministério Público Eleitoral por captação ilícita de sufrágio e abuso de poder econômico:
TRE-AC – processo 180081.2010.601.0000,
TRE-AC – processo 142835.2010.601.0000,
TRE-AC – processo 178782.2010.601.0000,
TRE-AM – processo 73203919.2005.604.0000
– O PTB teve reprovada a prestação de contas referente ao exercício financeiro de 2004, quando o parlamentar era ordenador de despesas do partido em nível estadual.

10 – José Vieira Lins (Zé Vieira) – PR/MA
É alvo de inquéritos que apuram crimes de responsabilidade, peculato e sonegação de contribuição previdenciária:
STF – inquérito 3051, STF – inquérito 3078, STF – inquérito 2945, STF – inquérito 2943, STF – Inquérito 3047.
É alvo de ações civis públicas, inclusive de improbidade administrativa, movidas pelo Ministério Público e pelo município de Bacabal:
TRF-1 Seção Judiciária do Maranhão – processo 0005980-37.2008.4.01.3700, TJ-MA Comarca de Bacabal – processo 378-16.2009.8.10.0024, TJ-MA Comarca de Bacabal – processo 1771-15.2005.8.10.0024, TJ-MA Comarca de Bacabal – processo 279-56.2003.8.10.0024.
É alvo de ações de execução movidas pela Fazenda Nacional — por exemplo: TRF-1 Subseção Judiciária de Bacabal – processo 0000629-69.2011.4.01.3703, TRF-1 Subseção Judiciária de Bacabal – processo 693-79.2011.4.01.3703, TRF-1 Subseção Judiciária de Bacabal – processo 0000908-55.2011.4.01.3703, TJ-MA Comarca de São Luís – Processo 6007-40.2009.8.10.0001.
Foi responsabilizado por irregularidades em convênios e aplicação de recursos e teve contas reprovadas: TCU – Acórdão 5659/ 2010, TCU – Acórdão 3577/2009, TCU – Acórdão 3282/2010, TCU – Acórdão 2679/2010, TCU – Acórdão 749/2010, TCU – Acórdão 1918/ 2008 (teve o nome incluído no TCU – Cadastro de responsáveis com contas julgadas irregulares). TCU – Acórdão 801/ 2008 (teve o nome incluído no TCU – Cadastro de responsáveis com contas julgadas irregulares). TCE-MA – processo 2600/1999 e TCE-MA – processo 3276/2005.
11 – Marcelo Theodoro de Aguiar – PSC/SP
TRE-SP – Processo 1077244.2010.626.0000 – Teve reprovada prestação de contas referente às eleições de 2010.

Igreja Presbiteriana

1 – Leonardo Lemos Barros Quintão – PMDB/MG
STF – Inquérito nº 2792 – É alvo de inquérito que apura crimes eleitorais.
TJ-MG Comarca de Belo Horizonte – Processo nº 5034047-88.2009.8.13.0024
– É alvo de ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Estadual.

2 – Edmar de Souza Arruda – PSC/PR
STF – inquérito 3307 – É alvo de inquérito que apura crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético.

3 – Edson Edinho Coelho Araújo (Edinho Araújo) – PMDB/SP
STF – Inquérito nº 3137 – É alvo de inquérito que apura crimes previstos na lei de licitações.
TJ-SP Comarca de São José do Rio Preto – Processo 576.01.2009.043791-5 – É alvo de ação de execução fiscal movida pela Fazenda estadual. É alvo de ações de improbidade administrativa movidas pelo Ministério Público Estadual: TJ-SP (segunda instância) – processo 9035424-43.2006.8.26.0000, TJ-SP (Comarca de São José do Rio Preto) – Processo nº 576.01.2010.062759-8. O TCE-SP julgou irregulares processos licitatórios e contratos firmados pela prefeitura de São José do Rio Preto: TCE-SP – processo 2832/008/04, TCE-SP – processo 313/008/02, TCE-SP – processo 2432/008/07

4 – Benedita Souza da Silva Sampaio – PT/RJ
TRF-1 Seção Judiciária do Distrito Federal – Processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal.
É alvo de ações de improbidade administrativa: TJ-RJ (Comarca do Rio de Janeiro) – processo 0040421-83.2007.8.19.0001, TJ-RJ (Comarca do Rio de Janeiro) – processo 0050419-80.2004.8.19.0001 e TJ-RJ (Comarca do Rio de Janeiro) – processo 0372416-70.2009.8.19.0001.
5 – Anthony William Garotinho Matheus De Oliveira (Anthony Garotinho) – PR/RJ
É alvo de inquéritos que apuram crimes eleitorais:
STF – Inquérito 2601/2007,
STF – inquérito 2704/2008,
TRF-2 (Seção Judiciária do Rio de Janeiro – Processo nº 2008.51.01.815397-2
– É réu em ação penal referente à máfia dos caça-níqueis e movida pelo Ministério Público Federal por lavagem de dinheiro, formação de quadrilha, corrupção e crimes contra a administração pública. Chegou a ser condenado a dois anos meio de prisão. A pena foi convertida em prestação de serviços e suspensão de direitos.
É alvo de ações de improbidade administrativa:
TJ-RJ Comarca de Nova Iguaçu – processo 0026769-53.2005.8.19.0038,
TJ-RJ Comarca de São Fidelis – processo º 0000249-07.2011.8.19.0051,
TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0050419-80.2004.8.19.0001,
TJ-RJ Comarca de Campos dos Goytacazes – processo 0011729-64.2009.8.19.0014,
TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0040380-19.2007.8.19.0001,
TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0040412-24.2007.8.19.0001, TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0039456-08.2007.8.19.0001,
TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0064717-67.2010.8.19.0001,
TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0183480-95.2008.8.19.0001,
TRE-RJ – processo 764689.2008.619.3802
– Em ação judicial eleitoral, foi condenado por abuso de poder econômico e uso indevido de veículo de comunicação social. A Justiça decretou inelegibilidade.

Igreja Universal do Reino de Deus

1 – José Heleno da Silva – PRB/SE
É alvo de ações de improbidade administrativa movidas pelo Ministério Público Federal:
TRF-5 Seção Judiciária de Sergipe – processo 0005364-36.2010.4.05.8500,
TRF-5 Seção Judiciária de Sergipe – processo 0005511-67.2007.4.05.8500 (Acusado de envolvimento com a máfia das ambulâncias),
TRF-1 Seção Judiciária de Mato Grosso – processo 0015233-58.2008.4.01.3600
– É alvo de medidas investigatórias referentes à máfia das ambulâncias e conduzidas pelo Ministério Público Federal.
O TRE reprovou as prestações de contas do PL referentes aos exercícios financeiros de 2003 e de 2005, quando o parlamentar era dirigente do partido em nível regional:
TRE-SE – processo 34792.2004.625.0000,
TRE-SE – processo 438664.2006.625.0000

2 – Vitor Paulo Araújo dos Santos – PRB/RJ
STF – processo 592 – É réu em ação penal movida pelo Ministério Público por crimes eleitorais.

3 – Antonio Carlos Martins de Bulhões – PRB/SP
STF – inquérito 2930/ 2010 – É alvo de inquérito que apura peculato.
TRF-3 Seção Judiciária de São Paulo – Processo 0044601-82.2002.4.03.6182 – É alvo de ação de execução fiscal movida pela Fazenda Nacional.
TRF-3 Seção Judiciária de São Paulo – Inquérito 0005062-78.2003.4.03.6181 – É alvo de inquérito que apura apropriação indébita e crimes contra o patrimônio.

4 – Jhonatan Pereira de Jesus – PRB/RR
TRE-RR – processo 229176.2010.623.0000 – Teve reprovada a prestação de contas referente às eleições de 2010.

Igreja Do Evangelho Quadrangular

1 – Jefferson Alves de Campos – PSD/SP
TRF-1 Seção Judiciária do Distrito Federal – processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal.
É alvo de ações de improbidade administrativa movidas pelo MPF por envolvimento com a máfia das ambulâncias:
TRF-3 Seção Judiciária de São Paulo – processo 0004928-22.2011.4.03.6100, TRF-3 Subseção Judiciária de Santos – processo 0000249-06.2007.4.03.6104

2 – Mário de Oliveira – PSC/MG
TRE-MG – Processo 60069.2011.613.0000 – É alvo de inquérito que apura crime eleitoral.
STF – inquérito 2727 – É alvo de inquérito que apura crimes de responsabilidade, contra a ordem tributária e previstos na lei de licitações, além de formação de quadrilha, falsidade ideológica, estelionato e lavagem ou ocultação de bens, direitos ou valores.

3 – Josué Bengtson – PTB/PA
TRF-1 Seção Judiciária do Pará – rocesso 3733-02.2007.4.01.3900 – É alvo de ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Federal.
TRF-1 Seção Judiciária de Mato Grosso – processo 0004032-69.2008.4.01.3600 – Acusado de envolvimento com a máfia das ambulâncias, é alvo de medidas investigatórias conduzidas pelo MPF por crimes previstos na lei de licitações.

Igreja Internacional da Graça

1- Rodrigo Moreira Ladeira Grilo – PSL/MG

2 – Jorge Tadeu Mudalen – DEM/SP
TRF-1 Seção Judiciária do Distrito Federal – Processo 0031294-51.2004.4.01.3400 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal.

Igreja Mundial do Poder de Deus

1 – José Olímpio Silveira Moraes (missionário José Olímpio) – PP/SP
TJ-SP Comarca de São Paulo – Processo 0424086-16.1997.8.26.0053 – É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Estadual.
TJ-SP Comarca de Itu – processo 286.01.2009.514728-4 – É alvo de ação de execução fiscal movida pelo município de Itu.

2 – Francisco Floriano de Souza Silva – PR/RJ
TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0139394-68.2010.8.19.0001 – É réu em ação penal movida pelo Ministério Público Estadual por lesão corporal decorrente de violência doméstica.

Igreja Metodista

1 – Walney Da Rocha Carvalho – PTB/RJ
STF – Processo 627 – É alvo de ação penal movida pelo Ministério Público Federal por corrupção passiva.
TRE-RJ – Processo nº 197118.2002.619.0000 – Teve reprovada prestação de contas referente às eleições de 2002.
É alvo de ações de execução fiscal movidas pelo município de Nova Iguaçu e pela Fazenda Nacional — por exemplo: TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – processo 0000562-61.2010.4.02.5110, TJ-RJ Comarca de Nova Iguaçu – processo 0112599-45.2009.8.19.0038, TJ-RJ Comarca de Nova Iguaçu – processo 0083231-88.2009.8.19.0038

2 – Áureo Lidio Moreira Ribeiro – PRTB/RJ
É alvo de ações de execução fiscal movidas pela Fazenda Nacional e pelo município de Duque de Caxias:
TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – processo 0000153-61.2005.4.02.5110,
TJ-RJ Comarca de Duque de Caxias – Processo nº 0005413-58.2002.8.19.0021.

Igreja Nova Vida

1 – Washington Reis de Oliveira – PMDB/RJ
STF – processo 618 – É alvo de ação penal movida pelo Ministério Público Federal por crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético e formação de quadrilha.
STF – inquérito 3192 – É alvo de inquérito que apura crimes eleitorais. É alvo de ações civis públicas, inclusive de improbidade administrativa, movidas pelo Ministério Público:
TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – Processo 0007523-23.2007.4.02.5110, TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – processo 0008324-65.2009.4.02.5110, TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – Processo 0003813-92.2007.4.02.5110 (Foi condenado por improbidade administrativa, pois não houve divulgação de recursos recebidos pela prefeitura de Duque de Caxias. A Justiça determinou a suspensão dos direitos políticos, a proibição de contratar com o poder público ou receber benefícios/ incentivos fiscais ou creditícios e o pagamento de multa).
É alvo de ações de execução fiscal movidas pela Fazenda Nacional e pelo município de Duque de Caxias — por exemplo:TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – processo 0004113-83.2009.4.02.5110, TRF-2 Seção Judiciária do Rio de Janeiro – processo 0004857-78.2009.4.02.5110, TJ-RJ Comarca de Duque de Caxias – processo 0223580-32.2008.8.19.0021, TJ-RJ Comarca de Duque de Caxias – processo 0223582-02.2008.8.19.0021, TRE-RJ – processo 386718.2010.619.0000
– É alvo de ação de investigação judicial movida pelo Ministério Público Eleitoral por abuso de poder econômico. TRE-RJ – processo 772.2011.619.0000
– É alvo de representação movida pelo MPE por captação ou gasto ilícito de recursos financeiros de campanha eleitoral. TRE-RJ – Processo 674343.2010.619.0000
– É alvo de representação movida pelo MPE por conduta vedada a agente público. TCE-RJ detectou irregularidades e emitiu pareceres contrários à aprovação das contas referentes à administração financeira da prefeitura de Duque de Caxias: TCE-RJ – Processo 203.163-8/10. TCE-RJ – processo 206.291.7/09

Igreja Cristã Evangélica

1 – Iris de Araújo Resende Machado – PMDB/GO
TRE-GO – Processo nº 999423170.2006.609.0000 – Teve rejeitada prestação de contas referente às eleições de 2006.

Congregação Cristã no Brasil

1 – Bruna Dias Furlan – PSDB/SP
É alvo de representações movidas pelo Ministério Público Eleitoral por conduta vedada a agentes públicos: TRE-SP – processo 15170.2010.626.0199, TRE-SP – processo 1949115.2010.626.0000

Igreja Sara Nossa Terra

1 – Eduardo Cosentino da Cunha – PMDB/RJ
STF – inquérito 2984/ 2010 – É alvo de inquérito que apura uso de documento falso. STF – inquérito 3056
– É alvo de inquérito que apura crimes contra a ordem tributária. TRF-1 Seção Judiciária do Distrito Federal – processo 0031294-51.2004.4.01.3400
– É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal. TJ-RJ Comarca do Rio de Janeiro – processo 0026321-60.2006.8.19.0001
– É alvo de ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Estadual. TRE-RJ – processo 59664.2011.619.0000
– Alvo de representação movida pelo Ministério Público Eleitoral por captação ilícita de sufrágio. TRE-RJ – processo 9488.2010.619.0153
– Alvo de ação de investigação judicial eleitoral movida pelo MPE por abuso de poder econômico. TSE – processo 707/2007
– Alvo de recurso contra expedição de diploma apresentado pelo MPE por captação ilícita de sufrágio.

Segue link com a lista de todos os deputados que representam essas quadrilhas, suas notas, faltas, atividades econômicas, partidos e situação jurídica. 

Em atualização do levantamento preliminar do DIAP divulgado nesta semana, após o pleito de domingo (5), identificou 74 deputados que irão compor a bancada evangélica na legislatura que se inicia em fevereiro de 2015. Em 2010 foram eleitos 78 deputados e três senadores. A bancada deverá seguir tendência natural de crescimento, como nas eleições anteriores.
Dentre os 74 deputados e deputadas, 35 são novos/as, e 39 foram reeleitos/as.
Neste levantamento parcial, o DIAP considera apenas os reeleitos e alguns novos, que são reconhecidamente evangélicos porque ocupam cargos nas estruturas das instituições religiosas – como pastores, missionários, bispos e sacerdotes. Há ainda os cantores gospel.
O DIAP classifica como integrante da bancada evangélica, além dos bispos e pastores, aquele parlamentar que professa a fé segundo a doutrina evangélica.

DIAP 
http://www.diap.org.br/index.php/noticias/noticias/24534-bancada-evangelica-levantamento-preliminar-do-diap-identifica-43-deputados

37 comentários:

  1. cambada de lobos disfarçados de ovelhas, ludibriando seus adeptos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanta babaquice, onde o ser humano estiver ali estará a corrupção, qualquer que seja a religião.
      Mais outra babaquice: Bolsonaro está sendo processado por retrucar provocação da deputada desequilibrada. Não aguentou e retrucou deu pano pra caterva do mimimi e do chororô. Apologia ao estupro foi invencionice dos esquerdopatas e o ministro do STF embarcou. No julgamento em plenário Bolsonaro pode sair ileso porque goza de imunidade de expressão no parlamento.
      Na ignorância é sempre bom buscar a informação.

      Excluir
    2. Tinha que ser anônimo!

      Excluir
    3. Senhor Anônimo: Você pode não ser estuprador mas se defender um, diante dos olhos do Criador, vc é. Você pode não ter cometido nenhum crime, mas se defender a postura de quem cometeu, você cometeu. Diante dos homens, pode fingir de qualquer coisa. Diante Dele, não. O que vale não é o que vc finge ser. É por isso que seu nome não aparece pois vc sabe muito bem quantas bobagens vc fala com esse nome. Se esconde por que? Tem vergonha do que? Tem medo do qué? Vou te falar.

      Excluir
  2. Não basta dizer que é!
    Tem que ser!
    Cristão de verdade mantém sua honra, dignidade, mesmi num meio apodrecido.
    Ser acusado não significa ser culpado, mas, no mínimo, significa não ter sido prudrnte o suficiente pra fugir da aparencia do mal...
    Esquecem-se de que, pior que à sociedade, prestarão contas a Deus.
    Espero que, a começar daqui, os comprovadamente culpados desfrutem das penas da Lei...
    Vergonha destes caras...
    Dos culpados...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rev. Alberto Thieme13 de abril de 2017 14:47

      Este blogueiro é tendencioso e discriminador pois exceto o Dep. Edardo Cunha, todos os demais citados ainda não foram julgados. O autor do artigo está discriminando tendenciosa mente. Sem vergonha na cara.

      Excluir
    2. Cristão de verdade não se mete em política meu caro!

      Excluir
    3. O melhor lugar pra cristão estar: Politica.

      Excluir
    4. A crucifixão aconteceu por perseguição politica de alguém que falava de amor fraternidade e generosidade, durante o império déspota,escravagista romano. Acusado de que mesmo foi Jesus? para ser crucificado injustamente? de nada, mesmo assim um bando de cretinos mandou o imperador crucificar o Jesus de quem falamos. Assim, quem agora falar de fraternidade e honestidade, será crucificado do mesmo jeito, por um bando de cretinos. A melhor parte da historia é o Renascimento.

      Excluir
  3. https://www.facebook.com/jairmessias.bolsonaro/videos/819380558210932/?hc_ref=NEWSFEED

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. caraca então Jair messias Bolsonaro não estava na lista.Os caras deviam pesquisar mais pra publicar matérias igual essas!!!

      Excluir
    2. ELE NÃO FOI CITADO SEU IGNORANTE, FORAM CITADOS OS OUTROS

      Excluir
    3. Seus mecenarios,a alma de vocês vão querer no fogo do inferno

      Excluir
    4. Rev. Alberto Thieme13 de abril de 2017 14:58

      Olha aqui como este articulista discrimina os evangelicos... É o artigo seguinte.

      Pequenas Igrejas & Grandes Negócios




      sábado, 8 de abril de 2017
      Golpistas que usam a religião para explicar o inexplicável



      Conservadores radicais também têm reagido com ódio ao crescimento da consciência da diversidade religiosa, à autoafirmação dos ateus e neopagãos contra o preconceito, à popularização de correntes esotéricas new-age e orientais, à multiculturalidade e às demandas pela laicidade do Estado.

      Para eles, os “valores cristãos” estão sendo “esquecidos” e “vilipendiados”, e a “imoralidade” e a “cristofobia” têm ameaçado colapsar a ordem social do ocidente, que “sempre foi cristão”.

      Só que, se observarmos bem, notaremos que o pior opositor das virtudes e princípios morais defendidos por Jesus Cristo no Novo Testamento nem de longe são os não cristãos, mas sim a própria “direita cristã”. Afinal:

      Enquanto Jesus defendia os mansos, os misericordiosos e os sedentos de justiça, a “direita cristã” tem sido inaceitavelmente raivosa, desprovida de misericórdia e injusta ao declarar ódio às minorias políticas; defender linchamento, pena de morte e violência policial abusiva e aceitar a criminalização de inocentes;

      Enquanto Jesus afirmava que seria mais fácil um camelo passar por dentro do buraco da agulha do que um rico entrar no Reino dos Céus e aconselhava seus seguidores a darem tudo o que tinham de posses aos pobres, as grandes igrejas pentecostais exaltam a opulência de seus administradores e “ensinam” seus fiéis a ansiarem por dinheiro e riqueza material e desprezarem a dignidade humana;

      Enquanto Jesus orienta os cristãos a não julgarem para não serem julgados, os conservadores assumidos são os primeiros a apontarem dedos venenosos, muitas vezes de maneira criminosa, contra quem é e pensa diferente deles, com racismo, machismo, homofobia, transfobia, ódio social, intolerância política etc.;

      Enquanto Jesus abençoava os que sofriam perseguição por causa da justiça, os conservadores têm aplaudido cada ação de repressão e injustiça estatal contra minorias como jovens negros pobres e militantes de esquerda;

      Enquanto Jesus defendia que se dê “a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”, a bancada teocrática, especialista em misturar religião (corrompida) com política, tem pavimentado o caminho de impor ao Brasil uma espécie de clerofascismo pentecostal;

      Enquanto Jesus expulsava vendilhões do templo, a direita “evangélica” tem faturado milhões no seu trabalho de converter a fé cristã em oportunidade de negócio e merchandising;

      Enquanto Jesus era injustiçado num julgamento no qual a população optou por soltar Barrabás, os “cristãos” adeptos do ódio social louvam os Barrabases do século 21 e vociferam insultos contra quem defende compaixão, justiça social, misericórdia, coerência moral e outros valores que, de acordo com a Bíblia, saíram da boca do próprio Cristo;

      Entre muitos outros exemplos de hipocrisia moral que tornam a religiosidade dessas pessoas uma mera concha vazia.

      Se a moralidade cristã está em decadência hoje em

      Nenhum comentário: o cara é tão lido que não recebeu nenhum comentário ainda.

      Excluir
  4. Fácil pegar um processo que não deveria estar rolando e jogar na co tá do deputado Bolsonaro. Até os opositores sabem que aquilo foi uma jogada, mesmo que não admitam em público.

    ResponderExcluir
  5. Muitos fizeram todas essas irregularidades e tem ai um camarada q está soltinho. Que justiça é essa?

    ResponderExcluir
  6. Muitos fizeram todas essas irregularidades e tem ai um camarada q está soltinho. Que justiça é essa?

    ResponderExcluir
  7. NA BÍBLIA, ACHO QUE EM TIMÓTEO 2, NÃO TENHO CERTEZA, ESTÁ ESCRITO: A VERDADEIRA IGREJA CONSISTE EM SOCORRER AS VIÚVAS E OS PEQUENINOS, E MANTER-SE INCONTAMINADO DO MUNDO. NO DIA EM QUE AQUELES QUE CREEM EM DEUS RESOLVEREM SEGUIR A BÍBLIA, E NÃO IGREJAS, TODAS ELAS TERÃO DE FECHAR SUAS PORTAS.

    ResponderExcluir
  8. Se eles estão envolvidos tem que pagar aqui pela justiça dos homens, mas aí deles quando enfrentarem a justiça de Deus.
    Agora por quê não colocam os processos dos que se dizem católicos, espíritas e outros credos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E porque não deve ter meu irmão,mas se tiver tem que ser denunciado também.

      Excluir
    2. E porque não deve ter meu irmão,mas se tiver tem que ser denunciado também.

      Excluir
  9. O Jair Bolsonaro disse em rede Nacional que era Cristão-Catolico de não Evangélico.Vamos tirar ele da matéria.

    ResponderExcluir
  10. Talvez seja porque não tenha uma bancada católica, graças a Deus!!

    ResponderExcluir
  11. mas nao vi o nome do bolsonaro

    ResponderExcluir
  12. Isso não deveria causar nenhum estanhamento para ninguém, pois a existência de desses ditos "cristãos" se deve ao interesse econômico, à cobiça e à competição por dinheiro. Foi assim desde o princípio: questões monetárias e não de fé, motivaram a formação de de denominações religiosas. Brigam, ofendem, dão falso testemunho, agridem e até matam por causa do negócio com a fé. E então se elegem para ampliar os ganhos, porque se fossem realmente evangelizadores, não precisariam ser bancada evangélica.Se fossem o que se dizem ser, não seriam fermento de farisaísmo no quadro político brasileiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rev. AlbertO Thieme13 de abril de 2017 14:23

      Eu acredito pela forma de se expressar que o autor está discriminando religiosamente os parlamentares cristãos porque ele faz afirmativas de mal caráter para a maioria dos evangélicos citados como se os 74 deputados sejam mau carater. Ele senta no rabo e joga o cocô dele sobre os evangelicos citados. E inclui Jair Boldonaro como evangelico e ate um padre. Tenha paciencia CUMPANHERO. Esse bixado deve ser comunista pois tem o mesmo discurso deles. Vá caçar GAMBA seu escritor cabeça de pinico.

      Excluir
  13. Por quê só há preocupação em divulgar a religião dos parlamentares evangélicos??? Roubou tem que ser preso, independente de religião... Agora porque ninguém, por exemplo na prisão do Dirceu, divulgou sua religião? Eu mesmo nem sei qual religião do Dirceu, mas não me importa, se cometeu crime tem que pagar.
    Agora uma publicação tendenciosa como esta é inconstitucional, pois estão vinculando erro de determinadas pessoas à sua religião. Isso é discriminação. Em vez de post atacando religiões, ou uma religião, porque nao vão no congresso com mínimo de assinaturas para aprovar uma PEC, como instrui nossa carta magna???

    Vai exercer sua cidadania em vez de ficar prestando um desserviço e colocando as religiões umas contra as outras.
    Vai estudar nossa constituição. Lá diz que é livre a manifestação religiosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diz também, que é livre a expressão de pensamento.Não se estresse, irmão.

      Excluir
  14. Galera bora começar a ser cético .Não da para acreditar em qualquer noticia que sai na internet . Um sit como esse que não é oficial e manipula noticias falsas n merece respeito algum.

    ResponderExcluir
  15. Ninguem é culpado até que se prove o contrário. Quer dizer que o simples fato de a pessoa acusar outra de estupro já a torna ré???

    ResponderExcluir
  16. Começou o mimimi dá esquerda. Aceita ou chora seus #Canalhas.
    Política suja,PT,PSOL,PMDB,PSDB,REDE...
    VOCÊS SÃO A ESCÓRIA DO BRASIL HÁ DÉCADAS ROUBANDO DINHEIRO PÚBLICO. E VIDAS SENDO CEIFADAS EM HOSPITAIS.
    VAMOS MUDAR BRASIL.DO CULTO AO MENOS INTELECTUAL,DO BRANCO AO NEGRO,JOVENS OU VELHOS...BOLSONARO VAI GANHAR EM 2018 E APROVAR UMA LEI,PARA CORTAR A MÃO DE QUEM ROUBA O POVO. #BOLSONAROPRESIDENTE
    AVANTE BRASIL.

    ResponderExcluir
  17. Agora vão chorar apostar todas as fichas no Ciro Gomes que está recrutando políticos do PT,para o Lula Não precisar se candidatar. Isso o Ciro e velho gomes que disse que meteria bala no Sérgio Moro e Levaria o LULA para uma Embaixada de outro país para o Exílio político. Abrem os olhos Homens do bem. Homens que não mamam na neta do governo e estão aqui difamando a bancada CRISTÃ. Eu não tenho aliança política,nunca ganhei 1 real com política em minha vida mas que eu queria ver o Bolsonaro presidente isso eu queria.

    ResponderExcluir
  18. Sério que vocês permitem comentar aqui? Qual profissional em fotografia e imagem não percebe a falta de profissionalidade da pessoa que montou esta imagem? Muito grotesco. Isso é uma ofensa ao nosso intelecto. Vocês têm se que esforçar mais ao postar mentiras por aí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qualquer pessoa, bem informada, e que acompanha o jornalismo mundial, sabe que a prisão do Pr. Eduardo Cunha não é mentira. Sabe ainda que o Pr Everaldo Pres. do PSC, agora, após delação, entra na mira da Polícia Federal. Mas além da delação, há um telefonema do Ex ministro Gedel, para Eduardo cunha, sob liberar dinheiro irregularmente da Caixa Federal para ele. Tudo de acordo com noticiário dos meios de comunicação do Brasil e do Mundo.
      Onde está a mentira.

      Excluir
  19. AINDA DA PARA CONFIRA E VOTAR EM POLÍTICOS EVANGÉLICOS?????????????? Pr Eduardo Cunha, ex pres. da Câmara Federal, Além das diversas contas no exterior, com muitos milhões de dolares, que já estão sendo repatriados, tinha ainda uma em nome de Jesus.com. que também está sendo investigada na Lava jato. Cunha mesmo tendo como residência o Rio de Janeiro, e local de trabalho Brasília, tem segundo a imprensa mundial, divulgando informaçoes da Lava Jato, efetuou um pomposo depósito na Igreja Batista de Campinas. E desta forma colocou algumas igrejas na mira da Lava Jato. Pastor Everaldo,( Pres. do PSC ) já citado em telefonema do Ex ministro Gedel para o Pr Cunha, sob liberação de dinheiro da Caixa Federal para ele e agora também envolvido na delação da Odebrecht. É só pegar pelo google, deputados que votaram contra a cassação de Eduardo Cunha, está lá: diversos pastores do PSC que votaram contra a cassação de Cunha. Nem vale a pena comentar por enquanto, um outro que vive indiretamente emvolvido em campanhas políticas, e que já foi levado coercitivamente para prestar depoimento na Polícia Feddral. Façam o que eu digo, não façam o que eu faço, é o que vem aparentando nas atitudes políticas daqueles que vivem pregando em nome de Jesus. Que decepção.

    ResponderExcluir
  20. Eduardo Cunha nunca foi ds Sara nossa terra. Esse cara nao sabe de nada. Vai dormir malandro.

    ResponderExcluir

1) Dê a sua opinião, qualquer que seja
2) Respeite a opinião alheia, qualquer que seja
3) Mantenha-se no tema
4) Mantenha-se no campo dos argumentos
5) Não ofenda os demais participantes (isso inclui o jornalista)
6) Não incite a violência, a intolerância ou o preconceito contra ninguém, sob nenhum pretexto
7) Não use caixa alta. No mundo virtual, isso é grito
8) Idealmente, procure usar argumentos que não foram dados previamente ao longo da discussão
9) O comentarista tem a responsabilidade legal sobre o que escreveu. Use seu comentário com inteligência.