Cursos 24 Horas - Cursos 100% Online com Certificado
Cursos Online com Certificado - Cursos 24 Horas - Matricule-se!

Desconto Especial para Fãs do PIGN - Lojas Renner

B02 - 468x60 calças

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Umbandista defende fim do sacrifício de animais em rituais religiosos.

‘É desnecessário’, diz umbandista sobre sacrifício de animais

Do Holocausto Animal

Para Laura Vidotto, 32, adepta da umbanda, sacrificar animais em rituais religiosos é “desnecessário”. Ela ainda considera que devemos deixar de matar as outras espécies para qualquer finalidade, incluindo a alimentação. O Holocausto Animal entrevistou Laura por telefone, no último dia 1º deste mês (junho).

Laura, que hoje trabalha em um terreiro de umbanda, disse que já passou pelo catolicismo e pelo espiritismo. De acordo com ela, devemos mudar também as crenças dessas religiões em relação aos animais.

“A maioria está totalmente cega. Toda celebração sempre envolveu muita carne [no catolicismo e no espiritismo], de todo o tipo, em abundância.”

Porém, Laura afirma que não podemos esquecer as “questões sociais” envolvidas e enxerga com cautela as críticas feitas ao sacrifício em religião de matriz africana: “Penso e repenso na melhor abordagem para tratar o assunto. Confesso que é conflituoso pra mim”.

Matar animais em rituais é crime de maus-tratos, afirma advogada

Leia mais 

https://oholocaustoanimal.wordpress.com/2017/05/31/matar-animais-em-rituais-e-crime-de-maus-tratos-afirma-advogada/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

1) Dê a sua opinião, qualquer que seja
2) Respeite a opinião alheia, qualquer que seja
3) Mantenha-se no tema
4) Mantenha-se no campo dos argumentos
5) Não ofenda os demais participantes (isso inclui o jornalista)
6) Não incite a violência, a intolerância ou o preconceito contra ninguém, sob nenhum pretexto
7) Não use caixa alta. No mundo virtual, isso é grito
8) Idealmente, procure usar argumentos que não foram dados previamente ao longo da discussão
9) O comentarista tem a responsabilidade legal sobre o que escreveu. Use seu comentário com inteligência.